Outrora um antro de pirataria, Kazaa se transforma em serviço legal e ganha aplicativo oficial para iPhones/iPods touch

Ícone - Kazaa

Ícone - KazaaOs idealizadores do Kazaa criaram o Skype, o Joost e até o Rdio, mas nem por isso o serviço e a sua marca original morreram. Eles só se transformaram, completamente (assim como o Napster e outros).

Hoje em dia o Kazaa é mais um desses serviços de assinatura online que oferecem streaming ilimitado de músicas, com um acervo de milhões delas. Após um período gratuito de testes de sete dias, o usuário pode virar membro pagando apenas US$10 mensais. O problema é que, como a maioria desses serviços, o Kazaa só está disponível hoje nos Estados Unidos (nada muito preocupante para o Spotify, portanto).

Agora, ele acaba de ganhar também um aplicativo oficial para iPhones/iPods touch, que dá fácil e rápido acesso a todo o seu acervo através de uma interface bacana e intuitiva. Com ele é possível inclusive sincronizar músicas selecionadas para que sejam baixadas e depois reproduzidas localmente, em modo offline.

O Kazaa — hoje sob responsabilidade da Atrinsic — requer o iOS 4.2 ou superior e não custa nada na App Store [3,4MB]. Aproveitando a oportunidade, dê uma lidinha no artigo “MP3: uma década de revolução musical”, que o Fernando Porteiro Jesus escreveu para nós no comecinho de 2008. 😉

[via Engadget]

Posts relacionados

Comentários