Organização ambientalista chinesa vê abertura da Apple para conversar como um bom sinal

Logo da Apple "verde"

Em agosto comentamos que organizações não-governamentais na China estavam criticando duramente a Apple, inclusive preparando um relatório para denunciar os crimes ambientais que certas parceiras da Maçã estavam cometendo. Com isso, porém, um canal de comunicação foi aberto e, duas reuniões depois (uma delas com o pessoal da gerência da cadeia de produção da gigante de Cupertino), o resultado é positivo aos olhos do Institute of Public and Environmental Affairs (IPE).

MacBooks Pro "verdes"

“Ouviremos o que [a Apple] tem a dizer no futuro e veremos como ela se move adiante”, disse Wang Jing Jing, vice-presidente do IPE. “Nosso objetivo é que ela trabalhe mesmo para melhorar o gerenciamento da cadeia de produção.” Apesar de nestes primeiros encontros não terem sido abordados todos os temas levantados pelos relatórios do IPE, a Apple assegurou que a comunicação e a cooperação com os ambientalistas deverá prosseguir.

Bom mesmo, e felizmente é relativamente fácil sabermos caso essa promessa não seja cumprida — basta alguém #XingarMuitoNoTwitter e isso rapidinho chega aos nossos ouvidos.

[via Macworld]

Posts relacionados

Comentários