O legado de Steve Jobs terá continuidade na Apple University

Sede da Apple em 1 Infinite Loop, Cupertino

A existência da Apple University dentro da gigante de Cupertino não é exatamente uma novidade: desde de 2008 já sabemos que Joel Podolny, reitor da Yale School of Management, foi contratado para ficar à frente do projeto, e uma reportagem recente da Fortune explorou o tema mais a fundo. Essencialmente, a Apple University será uma escola de gestores que pretende ensinar o estilo de liderança de Steve Jobs.

Sede da Apple em 1 Infinite Loop, Cupertino

O LA Times trouxe o tema de volta à tona hoje, ao tratar dos desafios que aguardam a Maçã. “Steve estava cuidando de seu legado. A ideia era pegar o que há de único na Apple e criar um fórum que pudesse implantar esse DNA em futuras gerações de funcionários da Apple”, disse um ex-executivo anônimo da companhia. “Nenhuma outra empresa tem uma universidade incumbida da tarefa de examinar tão a fundo as raízes do que a faz ser bem-sucedida.”

O assunto não é comentado oficialmente, mas os rumores dizem que Jobs em pessoa contratou Podolny para ajudar a companhia a internalizar os pensamentos de seu fundador visionário e, assim, estar pronta para o dia em que ele não estivesse mais presente. Steve Jobs teria supervisionado a criação de um currículo que explora princípios como responsabilidade, atenção aos detalhes, perfeccionismo, simplicidade e sigilo e os transforma em estratégias de negócios aplicáveis ao cotidiano de uma grande corporação.

O sucesso da Apple University ainda está por ser determinado, porém é possível imaginar o que está por vir olhando para o que serviu-lhe de inspiração: a Pixar University, um programa de desenvolvimento profissional cujo currículo vai de finas artes a liderança. “[Steve] tinha um conceito de universidade na Pixar e acreditava nele”, disse um outro ex-executivo da Apple.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários