Deutsche Bank: margem de lucro da Apple com o iPhone 4S pode ser de 70%

Subsídio de operadoras a smartphones - Deutsche Bank

Tsc, tsc… o aparelho ainda nem chegou às lojas e o pessoal já começou a chutar o quanto a Apple gasta para fabricá-lo. Chris Whitmore, do Deutsche Bank, divulgou uma nota hoje dizendo crer que a fabricação do modelo mais básico do novo smartphone da Maçã custa US$170, enquanto o modelo intermediário, de 32GB, sai por US$220 — devo presumir, portanto, que o de 64GB saia por… US$320? Pelas minhas contas, cada 16GB custam US$50.

“Isto sugere que as margens de fabricação do iPhone 4S são de 71–73% (contra ~38% do iPod touch) e deverão manter margens corporativas atraentes para a AAPL por muitos trimestres”, disse o analista. Comparativamente, o iPhone 4 de 8GB custaria à Maçã US$140.

Subsídio de operadoras a smartphones - Deutsche Bank

Em outra comparação, esta menos baseada em achismo, Whitmore comparou o subsídio dado por operadoras ao iPhone 4S e diferentes modelos de Android. Com US$450 do preço do aparelho diluídos no plano de dados, o telefone da Apple é o mais subsidiado de todos, de longe, o que pode fazer com que consumidores interessados em adquirir um novo smartphone optem pelo iPhone por causa do preço de entrada inferior.

“Esperamos que os consumidores que fizerem as contas optem pelo iPhone. Adicionalmente, os que não fizerem provavelmente vão optar pelo baixo custo frontal do 4S em comparação a estes Droids”, Whitmore destacou em sua nota a investidores. Por incrível que soe, a Apple está, de novo, conseguindo competir no preço.

Inacreditável, né? E sabe de quem é a “culpa”? Vou dar uma dica: o nome dele começa com “Tim” e termina com “Cook”. 😛

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários