Segredo da China Mobile para vender iPhones sem 3G: redes Wi-Fi, muitas redes Wi-Fi

Logo da China Mobile

Por enquanto, a única operadora parceira da Apple na terra dos dragões é a China Unicom, mas isso não parece ter sido lá um grande empecilho para a China Mobile: a operadora já revelou ter cerca de 10 milhões de clientes com iPhones em sua rede TD-SCDMA. Isso seria muito natural, não fosse o pequeno problema de o gadget ser incompatível com essa tecnologia e ter que se limitar a velocidades 2G. Qual o segredo? A Bloomberg descobriu: expandir largamente as redes Wi-Fi e oferecer créditos de uso dessas redes.

Publicidade

Logo da China Mobile

O esquema é engenhoso: adquirindo um iPhone 4 (ou qualquer outro aparelho participante da promoção) em uma loja parceira da China Mobile mais 2.400 yuans (R$660) de Wi-Fi, o cliente ganha um vale-brinde de 2.800 yuans (R$770) para gastar com serviços de voz ou dados. A operadora espera ainda criar mais 1 milhão de hotspots nos próximos três anos em todo o país.

Os clientes não parecem se incomodar: um deles chegou a dizer “Não acho que 3G seja realmente necessário para desfrutar [o iPhone]. Se eu precisar usar a internet, tem a Wi-Fi. Se eu quiser baixar um app, faço isso no meu MacBook em casa e sincronizo com o telefone.”

E você, viveria com um iPhone sem 3G?

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…