Surgem mais detalhes sobre a rumorosa atualização do app Apple Store

Ícone - Apple Store

Ícone - Apple StoreOntem falamos de um rumor sobre a possibilidade de usar o app Apple Store para efetuar pequenas compras, mas hoje o BGR trouxe uma enxurrada de detalhes sobre o funcionamento desse novo sistema e outras novidades que a atualização deverá trazer, além de “confirmar” a chegada dela em 3 de novembro, próxima quinta-feira.

Primeiro, o processo de encomendar um produto online ou pelo app e apanhá-lo em uma Retail Store deverá levar 12 minutos para itens que estejam em estoque — é o tempo de o sistema da Apple processar o pedido, o funcionário da loja levar o produto para uma estante de espera e ainda uma folga de 7 minutos.

Se o produto não estiver em estoque ou for customizado, ele é enviado para a loja (com frete gratuito, sempre), o cliente recebe um dia estimado de chegada e uma notificação instantânea é mandada quando for possível apanhar o item. Novamente, o tempo entre a notificação e poder fazer a retirada na loja é de 12 minutos.

Clientes que optarem por esse tipo de atendimento deverão receber prioridade nas Retail Stores, e espera-se que eles se tornem maioria em algum tempo. Isso deverá otimizar o funcionamento das lojas, evitando filas e facilitando a vida de todo mundo. Como bônus, os itens apanhados nas lojas vão contar como receitas delas, o que poderá gerar mais empregos — as contratações são quantificadas com base em vendas.

Por fim, o novo sistema de check-out vai permitir que um cliente entre na loja, escolha um produto de pequeno valor, identifique-o usando a câmera do iGadget e simplesmente leve o produto embora — o valor é debitado do cartão de crédito associado à Apple ID. Sim, sem verificação, sem nada. Estranho, né? Será que vai dar certo?

Posts relacionados

Comentários