Governo sul-coreano libera a venda de jogos na App Store; Brasil deveria fazer o mesmo

Ícone da App Store

Ícone da App StoreDefina “proteção”. Bem, assim como o Ministério da Justiça faz aqui no Brasil, o Game Ratings Board da Coreia do Sul “protegia” os consumidores do país contra os males terríveis provocados pelos jogos disponíveis na App Store — e essa “proteção” era mais ferrenha ainda do que aqui, pois nem games na seção Entretenimento escapavam. Tanta “proteção” impedia não apenas os consumidores de ter acesso a produtos de qualidade por um preço justo, como também ameaçava desenvolvedores locais, que não tinham como vender seu trabalho no próprio país.

Felizmente, segundo conta o The Next Web, o governo sul-coreano se tocou de que estava fazendo mais mal do que bem e resolveu acabar com essa palhaçada, liberando a venda de jogos na App Store do país. Tal mudança não poderia ter vindo em hora melhor, já que o iPhone 4S está em vias de ser lançado na Coreia do Sul.

Eu me pergunto até quando os nossos adoráveis governantes vão achar que a diferença de um ano entre a classificação indicativa adotada pela Apple e a oficial no Brasil causa confusão e dano permanente aos cérebros dos consumidores. Continue nos protegendo, governo, como se fosse uma mãe que mantém o filho trancado num quarto acolchoado eternamente, com medo de ele ralar os joelhos — isso não pode fazer mal nenhum, certo?

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários