Mirror Worlds ainda não desistiu de processo contra a Apple

Patente de exibição de arquivos - Mirror Worlds

Há pouco mais de um ano, a Apple perdeu um processo contra a Mirror Worlds por causa da infração de patentes relacionadas à exibição de arquivos (um dos principais infratores era o Time Machine). Seis meses depois, porém, a Maçã teve provido um recurso que derrubava essa sentença dada por um júri. Agora, segundo conta o New York Times, David Gelernter está disposto a recorrer dessa segunda decisão.

Publicidade

Patente de exibição de arquivos - Mirror Worlds

De acordo com o juiz que livrou a Apple deste processo, a Mirror Worlds teria falhado em apresentar uma fundação sólida o suficiente para apoiar elementos legais importantes na ação. É curioso ter acontecido isso, já que, segundo uma das provas levadas ao juízo, Steve Jobs teria enviado um email para o pessoal da Apple indicando uma reportagem do NYT de 2001 sobre um dos trabalhos de Gelernter, dizendo “Por favor, vejam este software ASAP [“as soon as possible”, o quanto antes]. Ele pode ser algo no nosso futuro e devemos assegurar uma licença ASAP.” De fato, a Apple chegou a conversar com a Mirror Worlds, mas não se firmou nenhum acordo.

Gelernter disse ao NYT que, apesar de o dinheiro ser uma motivação importante, não é a maior de todas: a vontade de ter sua contribuição reconhecida é o que mais o impulsiona. “Eu conheço minhas ideias — nossas ideias — quando as vejo em uma tela”, disse.

[via The Next Web]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…