Processo por causa de efeitos deletérios do iOS 4 em iPhones 3G é encerrado

iPhones 3G girando

Há pouco mais de um ano, falamos de um processo aberto por uma usuária de iPhone 3G insatisfeita com as perdas de performance provocadas pelo iOS 4. Segundo ela, isso seria parte de um plano maléfico da Apple para inutilizar gadgets e assim induzir clientes a comprar novos.

iPhones 3G girando

Segundo o paidContent, tal alegação não colou: o juiz encarregado do caso determinou que um software distribuído gratuitamente não constitui uma venda (e software não seria, legalmente, nem um bem, nem um serviço… #TENSO), portanto não se enquadra no Consumer Legal Remedy Act da Califórnia, lei usada como base do processo. Além disso, o magistrado determinou que qualquer emenda à petição inicial leve em consideração o conteúdo do termo de uso com o qual ela concordou ao fazer a atualização do iPhone 3G.

Esse processo é bastante curioso, por não levar em consideração que, pouco tempo depois da liberação do iOS 4, a Apple liberou o 4.1, corrigindo muitos dos problemas levados a juízo. É possível que isso sirva de exemplo para uma outra ação, aberta recentemente ainda por causa do “Antennagate” e, quem sabe, desencoraje usuários belicosos a recorrer à justiça por causa dos problemas de bateria que foram corrigidos com o iOS 5.0.1.

… … …

Hahahaha! Quem estou querendo enganar? NADA, absolutamente NADA consegue impedir a abertura de um processo nos Estados Unidos.

Posts relacionados

Comentários