Vídeo: Atkinson, Gassée, Hertzfeld, McKenna, Stapleton e Tesler falam sobre o legado de Jobs

Churchill Club

Em um evento promovido nesta semana em San Jose, Califórnia, o Churchill Club convidou várias pessoas envolvidas com a história da Apple para falar sobre o legado de Steve Jobs no mundo da computação. O evento como um todo tem mais de uma hora e meia de duração, então pode ser interessante você separar uma pipoca e um momento livre para acompanhar tudo o que é comentado aqui.

Os convidados são todos sumidades do mundo da computação e importantíssimos para a Maçã, direta ou indiretamente: Bill Atkinson (membro do time do Macintosh e criador do QuickDraw), Jean-Louis Gassée (passou dez anos na Apple como líder de desenvolvimento de produtos para o Macintosh), Andy Hertzfeld (desenvolvedor no time do Macintosh), Regis McKenna (guru de marketing high-tech), Deborah Stapleton (ex-relações públicas da Pixar) e Larry Tesler (ex-cientista do PARC, na Xerox, e ex-cientista chefe na Apple).

Vale destacar alguns comentários de dois deles: Tesler conta que, depois de fechar um contrato com a Xerox para poder ter acesso aos projetos secretos da companhia, Jobs visitou o PARC e, surpreendentemente, acabou revelando um pouco sobre o Lisa, um dos projetos em desenvolvimento na Apple. Gassée, por sua vez, conta que dá graças a Deus pelo abandono do BeOS em benefício do NeXTSTEP como base para a criação de um novo Mac OS.

É interessante notar que Gassée vê a aquisição da NeXT pela Maçã ao contrário — na verdade, foi Jobs quem comprou a Apple. Parece-me uma visão bem adequada do que se deu. 😛

[via 9to5Mac, ZDNet]

Posts relacionados

Comentários