Mundo doido: Samsung decidiu não tentar impedir a venda do iPhone 4S na Coreia do Sul

Logo da Samsung

Não dá pra entender essas megacorporações: ora abrem dezenas de processos em várias partes do mundo, ora decidem levantar bandeira branca, viver e deixar viver. Segundo o Chosunilbo, a Samsung resolveu ser boazinha na Coreia do Sul e não dar entrada em uma injunção para proibir as vendas do novo smartphone da Apple, ao contrário do que estava planejado inicialmente.

Publicidade

O porquê disso? Não ficou muito claro, mas teria relação com a opinião pública na terra natal da Sammy — algo como impedir a população de ter acesso ao gadget mais desejado do mundo não ficar bem na fita. Supostamente essa foi uma decisão debatida até o último minuto, o que mostraria que o alto-escalão da coreana está divido quanto ao imbróglio legal em que ela se meteu com a Apple.

Logo da Samsung

Particularmente, eu não consigo entender esse tipo de estratégia. A primeira coisa que me veio à mente foi que a Samsung está disposta a mostrar o quanto os smartphones dela vão vender mais que o iPhone 4S na Coreia do Sul — sem concorrência, qualquer vitória ficaria com gosto de fel. Não duvido de que, daqui a um ou dois meses, a Sammy queira fazer alguma campanha do tipo “Galaxy Frango-com-Tudo-Dentro: X milhões de unidades vendidas em três horas. iPhone 4S: X/3 milhões de unidades vendidas em uma semana.” Duvido muito, por outro lado, que ela consiga esses números na prática. 😛

Publicidade

Cá entre nós, não querer proibir a venda do iPhone 4S no próprio quintal por causa da reação do público soa bizarro, né? Quase como um atestado de incompetência — “Não conseguimos dar ao povo o que eles querem, vão nos odiar se nós tirarmos do mercado o produto que eles amam, apesar de ele [supostamente] copiar nossas patentes ilegalmente.” Será que não tem a ver com questões de concorrência e escrutínio do governo local ou coisa do tipo? Sei lá… muito estranho.

[via The Next Web]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…