Apple continua discutindo melhorias com grupos ambientalistas chineses

Logo da Apple "verde"

Depois de receber um puxão de orelha de ambientalistas chineses, a Apple abriu um canal de comunicação direta com algumas organizações e foi elogiada por isso, mas esse processo é algo constante, que não para nas primeiras reuniões. Segundo o Wall Street Journal, em mais um rodada de conversas com os ambientalistas a Maçã conseguiu alguns avanços — porém não fez todas as concessões pedidas.

MacBooks Pro "verdes"

De uma lista de 27 empresas provocando danos ao meio-ambiente, a Apple reconheceu trabalhar com 15 e disse já ter iniciado processos de auditoria em 11 delas. Apesar disso, ela ainda foi criticada por falta de transparência ao não divulgar abertamente sua lista de fornecedores ou especificar que medidas estariam sendo tomadas para resolver os problemas.

Recentemente, a Apple ganhou várias posições no ranking de empresas mais verdes do Greenpeace. Tomara que esse trabalho na China sirva para fazê-la aumentar mais ainda sua preocupação com o meio-ambiente.

[via The Next Web]

Posts relacionados

Comentários