Apple modifica os termos e condições do plano AppleCare+

AppleCare+

AppleCare+O AppleCare+ foi lançado junto do iPhone 4S e está à venda por US$100 para todos os modelos de iPhone, estende a garantia do smartphone de um para dois anos e adiciona a possibilidade de reparar até dois casos de dano acidental provocados durante o uso pelo preço de US$50 cada.

Contudo, ao contrário da garantia extendida tradicional, o AppleCare+ só poderia ser adquirido no ato da compra do aparelho, o que deixou muita confusão no ar, já que a informação era conflitante com os termos do serviço, que diziam que o AppleCare+ poderia ser adquirido no período vigente da garantia do aparelho — ou seja, um ano. Além disso, pessoas que compraram o aparelho na pré-venda ou em lojas parceiras não poderiam adquirir o AppleCare+ no ato da compra. Com isso, a Maçã abriu uma exceção e, quem quisesse pagar pelo serviço, poderia fazê-lo até 14 de novembro.

Aviso na página do AppleCare+

Agora, a empresa resolveu modificar de vez isso, comunicando que a garantia extendida pode ser adquirida dentro de até 30 dias após a compra do smartphone [imagem acima], atualizando também, é claro, os termos e condições [PDF] dele.

Além disso, de acordo com o SprintFeed, o prazo para a compra do AppleCare+, que antes era 14 de novembro, passou para 15 de dezembro. Todavia, isso não beneficia os primeiros compradores do iPhone 4S, já que o limite de 30 dias é válido — muito provavelmente o benefício se aplica para as pessoas que compraram o aparelho entre o dia 14/11 e hoje.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários