Rumor: Apple quase trocou os chips da Intel pelos da AMD, na última atualização do MacBook Air

Logo da AMD

Intel e Apple são parceiras desde 2005, quando a transição para os processadores da Chipzilla foi realizada. Apesar da boa relação entre as empresas — a tecnologia Thunderbolt, por exemplo, é um trabalho conjunto delas — não é “segredo” que a Maçã realiza testes com chips da AMD. Rumores sobre a adoção deles rondam Cupertino desde sempre.

AMD

Mas, de acordo com o SemiAccurate, nenhum produto chegou tão perto de ser equipado com processadores da AMD que o MacBook Air. Lembra da última atualização deles, que aconteceu no meio do ano? Acredite se quiser: este foi o “plano B” da Apple. A primeira opção seria lançar um MacBook Air equipado com o “Llano”, um processador de 32 nanômetros da plataforma AMD Fusion. O protótipo desenvolvido pela firma de Cupertino estaria em vias de produção, mas tudo foi cancelado pois a AMD não teria condições de suprir a demanda.

A escolha pela AMD seria feita pois o “Llano” teria um desempenho de CPU bem parecido com o dos atuais chips da Intel. Contudo, quando o assunto é GPU — o calcanhar de Aquiles dos chips da Intel —, a coisa muda bastante: o desempenho deles seria muito superior. Resta saber se a Apple ainda apostará na AMD ou se continuará exclusivamente com sua parceira Intel. Ou ainda, quem sabe, migrar para a arquitetura ARM, com seus chips A5, A6, A7, o que também não seria “nenhuma surpresa”.

Se você tivesse que escolher um processador para o MacBook Air, qual seria ele: Intel, AMD ou ARM (família “A”, da Apple)?

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários