Rumores: Apple iniciará em breve a venda de iTunes Gift Cards no Brasil; iTunes Store completa talvez só em agosto de 2012

Logo da Apple com bandeira do Brasil

Logo da Apple com bandeira do BrasilSe você tinha ficado empolgado com o rumor que surgiu na semana passada, take your little horse off of the rain. Em uma matéria publicada nesta tarde [fechado para assinantes], a Folha de S.Paulo negou que a iTunes Store brasileira será aberta este ano — os planos, segundo ela, eram mesmo de inaugurá-la em outubro, porém tiveram que ser adiados devido a “problemas fiscais”.

A companhia pretendia ter iniciado o serviço digital, que ainda não é oferecido para o mercado brasileiro, até outubro. Porém ainda tem questões pendentes relativas a acordos com gravadoras e com a remuneração de direitos autorais aos artistas.

A grande diferença de uma loja musical é que ela requererá uma operação completa no Brasil, visto que a Apple precisa firmar acordos de licenciamento e distribuição diretamente com as gravadoras. Até hoje ela só trabalha com hardware — para atuar também em serviços em território nacional, a coisa não é tão simples.

Executivos do varejo preveem agora que a iTunes Store só chegará ao Brasil por volta de agosto de 2012. Um advogado afirma, felizmente, que não há nenhum problema legal na entrada da Apple no país com a sua loja musical, apenas teremos que aguardar tais acordos serem firmados.

· · ·

Por outro lado, a Folha traz uma boa notícia: até o Carnaval, a Apple deve iniciar a venda da iTunes Gift Cards (cartões de presente, pré-pagos) no Brasil, facilitando a aquisição de aplicativos em sua loja. Hoje, a compra de qualquer conteúdo na App Store requer o uso de um cartão de crédito internacional.

Por meio de cartões-presente vendidos em redes como Fnac, Extra e Fast Shop, a empresa pretende popularizar a venda dos aplicativos disponíveis em seu canal virtual App Store.

Os cartões deverão ser vendidos no Brasil em versões que variam de R$10 a R$40. A própria venda deles no varejo será fundamental para a Apple avaliar melhor a sua entrada de vez no mercado brasileiro, com a iTunes Store.

É sentar e esperar…

Posts relacionados

Comentários

Deixe uma resposta