iSuppli: Kindle Fire entrou no mercado de tablets com o pé direito, já emplacou um segundo lugar

Kindle Fire

Palmas pra Amazon.com: segundo estimativas da IHS iSuppli, o Kindle Fire conseguiu entrar no mercado de tablets com gosto de gás e emplacar, logo de cara, a segunda posição no ranking de vendas trimestrais. Ele ficou, claro, atrás do iPad, e com uma senhora margem: são 65,6% de market share para o gadget da Apple (18,6 milhões de unidades; crescimento de 67,2% em relação a 2010), enquanto o da Amazon ficou com 13,8% (3,9 milhões). Ainda assim, uau!

Publicidade

Logo atrás vêm Samsung, com 4,8% (1,37 milhões, +9,6%) e, colada nesta, Barnes & Noble, com 4,7% (1,32 milhões, +76%), fechando o Top 5. Vale notar que esse é um cenário bem diferente do que o NPD Group pintou recentemente, pois ele decidiu não colocar nem o Kindle, nem o NOOK em suas contas.

Mercado de tablets no Q4 2011 - iSuppli

Esses números têm só dois poréns. O primeiro é que não passam de estimativas: a Amazon não fala os números de nenhum Kindle nem pelamordeDeus, então é preciso “adivinhar” quantas tablets teriam sido vendidas. O segundo é que o Google pode estar encrencado. Sim, pois apesar de o Kindle Fire rodar o Android, ele não tem absolutamente nada de Android nele, é tudo Amazon. Idem para o NOOK, da Barnes & Noble.

Publicidade

Bem, agora imagine o seguinte, que pode acontecer já no começo do ano que vem: as três tablets mais vendidas do mercado não têm o dedo do Google, sendo que duas existem por causa do trabalho dele. Durma com esse barulho! 😛

Diante desses números, a iSuppli agora estima que serão vendidos 64,7 milhões de tablets em 2011, um crescimento de 237% em relação aos 17,4 milhões de 2010. É, o mercado está aquecido… já dá pra dizer que a era pós-PC começou?

[via parislemon]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…