Por incrível que soe, a Apple está enfrentando problemas legais com o nome “iPad” na China [atualizado]

Bandeira da China num iPad

Mais de um ano, quase dois, depois de lançar o iPad, já dava pra imaginar que a Apple teria deixado para trás os problemas relacionados à propriedade do nome do produto, certo? Bem, errado, segundo este artigo da Reuters: a Maçã acaba de receber uma negativa em um processo aberto contra a Proview Technology, companhia que alega ser dona da marca “iPad” na China.

Publicidade

Bandeira da China num iPad

A história é enrolada… A Proview vendeu os direitos globais desse nome para uma empresa chamada IP Application Development (IPAD) em 2006 pela bagatela de US$55.000, mas agora ela alega que nesse acordo não estavam as marcas registradas na China em 2000. Em outubro do ano passado, a Proview processou a Apple, e depois a Apple processou a Proview, ambas alegando a mesma coisa: que uma estava fazendo uso indevido da marca da outra. Agora, temos que a Maçã perdeu no processo dela.

Como essa novela vai seguir? Deus sabe, mas a Proview está precisando muito de dinheiro e está disposta a lutar para conseguir arrancar o que puder da Apple — leia-se “US$1,5 bilhão”. Situação difícil pra gigante de Cupertino, essa: os caras deveriam ter registrado “iPad” em 1999, quando tiveram a primeira ideia.

Publicidade

[via 9to5Mac]

Atualização

A situação pede uma estratégia alternativa: segundo o Financial Times, a Proview não está mirando apenas na Apple, mas também em revendas nas cidades de Huizhou e Shenzhen. Se ela conseguir impedir a oferta de iPads ameaçando as lojas nessas localidades, o próximo passo será atacar lojas no país inteiro.

Publicidade

Será que a Apple vai se erguer em defesa de suas parceiras?

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…