Novos apps da Evernote são perfeitos para quem tem problema de… de… de… memória!

Banner Evernote Hello

A Evernote, famosa pelo seu app homônimo tanto para iOS quanto para Mac, acaba de lançar mais dois aplicativos gratuitos na App Store. E, se a sua memória já não é mais a mesma, com certeza você vai gostar deles.

Banner Evernote Hello

O Evernote Hello [12,8MB; requer o iOS 5.0 ou superior] é basicamente voltado para tornar mais fácil a tarefa de lembrar de pessoas. Ele funciona como uma agenda, mas em vez de mostrar nomes catalogados em ordem alfabética, relaciona pessoas a experiências, locais e histórias, ou seja, ele cria um contexto para o contato em questão. Seu funcionamento é baseado em três pilares: rostos (fisionomia da pessoa), tempo/local (quando você encontrou com ela) e contexto (por que você encontrou com ela e quem mais estava junto).

Basta preencher as informações do app — ou entregar o seu aparelho para a pessoa preencher e tirar sua própria foto, o que deve ser, no mínimo, engraçado — e pronto, sua “agenda personalizada” está criada. Seria como uma troca de cartões, versão 2.0. 😛

Banner Evernote Food

O Evernote Food [10,2MB; requer o iOS 5.0 ou superior] tem o mesmo princípio, porém focado em experiências culinárias — afinal, é ótimo poder lembrar onde foi que você comeu aquele risoto maravilhoso! Cada refeição é composta por um título, fotos legendadas, local (é possível escolher de uma lista ou adicionar seu próprio), notas e tags. E, se quiser, poderá compartilhar (virtualmente) sua refeição com outros, usando o Facebook, Twitter ou email, tudo a partir do app. Prevejo um grande sucesso deste app como um perfeito companheiro de viagens (gastronômicas).

Tanto o Hello quanto o Food são sincronizados com o Evernote, possibilitando a visualização de todas as informações em um único lugar.

São coisas que você pode muito bem realizar com outros aplicativos ou até mesmo com alguns nativos de iGadgets (usando a Agenda e as Notas, por exemplo). Mas é sempre bom ter mais de uma possibilidade, e parece que a Evernote fez um trabalho bem legal com esses produtos. 😉

[via TechCrunch]

Posts relacionados

Comentários