Revenda autorizada francesa processa a Apple por suposta concorrência desleal no país

Apple Store, Carrousel du Louvre

Mais um dia, mais um processo. Só que este, diferentemente dos últimos, não é referente a patentes ou qualquer coisa do tipo. Desta vez, de acordo com o Le Figaro, a revenda autorizada francesa eBizcuss (a maior do país, com 16 lojas), resolveu reclamar na justiça alegando concorrência desleal — a Maçã estaria favorecendo seu próprio negócio com suas Apple Retail Stores.

Enquanto a gigante de Cupertino cresce cada vez mais, o CEO do grupo eBizcuss, François Prudent, afirmou que a empresa teve um declínio de 30% no terceiro semestre de 2011, graças à falta de estoque de iPads 2 e MacBooks Air (dois campeões de venda no ano). Para piorar, as lojas mal viram a cor do iPhone 4S, outro produto de sucesso da Maçã que também não chegava às mãos da revenda.

Apple Store, Carrousel du Louvre

Ainda de acordo com Prudent, tudo começou em 2009, quando a primeira loja oficial se instalou no país, no Carrousel du Louvre — hoje já são nove lojas, sendo duas (Louvre e Opéra) localizadas na capital.

Além de exigir melhorias gerais no sistema de ponto de venda da revenda — a eBizcuss investiu mais de US$6,5 milhões, desde 2007, para se adequar aos critérios da Maçã —, a firma de Cupertino estaria “roubando” os clientes da parceira, enviando propostas comerciais menores que o preço dos equipamentos pagos pela revenda; isso já seria grave por si só. Agora imagine com um parceiro de longa data, um dos primeiros a importar produtos Apple, em um longínquo 1977.

Esta não é a primeira vez que uma revenda autorizada alega ser prejudicada pela Apple. Em 2003, dois anos após a abertura da primeira loja oficial da Maçã, a MACAdam alegou não receber a devida atenção da firma de Cupertino (material de merchandising, serviços e suporte foram afetados, além do mesmo problema de baixos estoques). Em 2006 outra revenda, a MacSolutions, também processou a Apple pelos mesmos motivos.

[via ifoAppleStore.com]

Posts relacionados

Comentários