Autores chineses processam a Apple, alegando que ela comercializa livros ilegalmente (sem autorização)

Mão com iPad 2 e iBooks

Mão com iPad 2 e iBooksA Apple terá que se defender legalmente na China, onde um grupo de nove escritores famosos — como Han Han, Li Chengpeng e Murong Xuecun — processaram a empresa. Eles alegam que a gigante de Cupertino comercializa 37 livros sem a devida autorização — e os autores pretendem receber US$1,88 milhões como forma de compensação.

De acordo com o People’s Daily Online, os escritores não estão gostando do posicionamento da Apple, que, além de vender as cópias ilegalmente, lucra 30% em cima delas. O grupo já pediu para que a empresa leve em consideração as leis locais e providencie certificados de copyright para os livros disponíveis na loja, contudo a Maçã teria se recusado.

[via The Next Web]

Posts relacionados

Comentários