Nissan(!) desenvolve case para iPhone com poderes regenerativos

Celulares da NTT DoCoMo
Celulares da NTT DoCoMo que utilizam a tinta especial da Nissan.

A relação da Nissan com a Apple não é algo recente: a fabricante de automóveis foi uma das primeiras a embarcar no iAd (plataforma de publicidade da Apple para iGadgets) e ela parece ter gostado, já que repetiu a dose — além de ter desenvolvido um app específico para controlar a bateria de um carro elétrico através do iPhone.

Publicidade

Agora, a montadora resolveu fazer publicidade de seus carros (e de uma tinta especialmente desenvolvida para eles), adentrando o mercado de cases para iPhones. Complicado? Explico: Em 2005, a Nissan desenvolveu (e patenteou) uma tinta que atualmente é utilizada em carros da linha Infiniti. De acordo com eles, a tinta é feita de polyrotaxane (não sei se existe tradução para esse palavrão) e, quando danos superficiais são causados ao revestimento (arranhões, por exemplo), a estrutura química é capaz de reagir para voltar à sua forma original, preenchendo a lacuna defeituosa. Ou seja, é o Wolverine das tintas!

A Nissan já licenciou o material para a telecom japonesa NTT DoCoMo, que tratou de usar a tecnologia em alguns de seus aparelhos.

Celulares da NTT DoCoMo
Celulares da NTT DoCoMo que utilizam a tinta especial da Nissan.

Mas isso não deve ter repercutido muito, então, para espalhar a notícia da tinta pelos quatro cantos do planeta, nada melhor do que fabricar uma case para o iPhone, certo? Foi exatamente isso que ela fez, em parceria com a Universidade de Tokyo e com a empresa Advanced Softmaterials. Composta de plástico ABS (Acrylonitrile Butadiene Styrene; em português, Acrilonitrila Butadieno Estireno) e revestida com a tal tinta, a case é bastante flexível, além de ter uma “aparência de gel”, o que facilita a aderência e minimiza os riscos.

Infelizmente, a case da Nissan não é capaz de reparar arranhões profundos que vão além da camada superior (como por exemplo, um arranhão feito com chave). Mas, para o dia-a-dia, para aquelas tradicionais quedas, seu poder de recuperação é significativamente melhor do que qualquer outra case convencional. O produto foi lançado no último final de semana, em um evento de automóveis em Dubai. Se a demanda por ele for forte, a Nissan o colocará no mercado até o fim do ano.

[via The Next Web]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…