Destaques e pontos abordados na conferência de resultados financeiros da Apple para o FQ1 2012

Meio logo da Apple

Conforme vimos agora há pouco, o primeiro trimestre fiscal de 2012 da Apple trouxe números recordes para iPhones, iPads e Macs. Uma conferência realizada por telefone com acionistas destacou mais detalhes e outras informações sobre a situação atual da firma de Cupertino.

Meio logo da Apple

Assim como nas conferências passadas, o evento contou com a presença de Tim Cook (chefe executivo da Apple, ou CEO) e Peter Oppenheimer (chefe da área de finanças, ou CFO). Contudo, desta vez, Barry Whistler — tesoureiro da Maçã — também participou. Os principais pontos abordados durante a conferência estão listados a seguir:

Segmentos regionais

  • Diferentemente do último trimestre, o Japão foi o país com maior crescimento: 148%, se comparado ao FQ1 2010.
  • A região das Américas obteve o segundo maior crescimento, com receitas 92% superiores em relação ao ano mesmo período de 2010.
  • HOT! A empresa agora conta com mais de 130.000 pontos de venda no mundo, número 35% maior que há um ano.
  • HOT! Depois da China, Cook enxerga o Brasil como um país onde a Apple pode crescer bastante nos próximos anos. Contudo, ele não espera que a empresa aumente sua presença física (lojas) em solo brasileiro, pelo menos em um futuro próximo.

Mac

  • HOT! As vendas neste trimestre marcaram um novo recorde histórico, com 5,2 milhões de Macs — crescimento de 21% ano a ano, enquanto as receitas subiram 12%.
  • A linha MacBook vendeu 28% a mais, com suas receitas subindo 22% no mesmo período.
  • HOT! Comparando com a indústria de PCs, as vendas de Macs cresceram 26% enquanto os concorrentes não conseguiram aumentar seus números. De acordo com Oppenheimer, a média semanal de vendas de Macs cresceu fortemente no último trimestre.
  • O CFO também citou o MacBook Pro, o Air e o iMac como os campeões de vendas da empresa.
  • Os HDDs estavam mais caros devido às inundações ocorridas na Tailândia e tudo leva a crer que continuará assim, disse Cook.

iPad

  • HOT! Novo recorde de vendas para o iPad, que cresceu 111% em vendas ano a ano, totalizando 15,43 milhões de unidades. As receitas aumentaram 99% se comparado ao mesmo período de 2010.
  • A tablet da Apple esteve muito popular entre os consumidores no fim do ano passado, e a empresa continua animada com a oportunidade de mercado — suas vendas ultrapassaram a expectativa da empresa.
  • HOT! “O iPad está com uma adoção empresarial sem igual”, afirmou Oppenheimer. Quase todas as companhias da Fortune 500 estão usando ele.
  • HOT! O iPad também está extremamente popular entre estudantes e professores. Mais de 1,5 milhão de unidades já estão em uso no mercado educacional.
  • Olhando para os números semanais depois da chegada do Kindle Fire, Cook disse que nenhum “efeito óbvio” foi percebido nas vendas da tablet da Maçã, tanto para mais quanto para menos.
  • Existe uma canibalização clara dos Macs, mas ela afeta muito mais o mercado de PCs com Windows do que os computadores da Apple, uma tendência com a qual a empresa se sente confortável.
  • Cook afirmou que o mercado de tablets invariavelmente se tornará maior que o de PCs — de acordo com uma pesquisa da IDC, elas já vendem mais que os desktops, nos Estados Unidos.
  • O CEO da Apple não acha que tablets como o Kindle Fire (com recursos limitados) pertencem à mesma categoria do iPad. Para ele, tanto a Amazon quanto outras fabricantes venderão, sim, muitas unidades, mas pessoas que querem um iPad não optarão por uma tablet limitada, com poucos recursos.

iPhone

  • Recorde de vendas para o smartphone da Maçã: foram comercializados 37,04 milhões de unidades, o que representa um crescimento de 128% ano a ano. As receitas subiram 133% se compararmos com o FQ4 2011.
  • Ao final do trimestre, existiam 6 milhões de iPhones no canal de vendas.
  • HOT! Praticamente todas as empresas da Fortune 500 agora aprovam/suportam o uso de iPhones em suas redes.
  • Empresas estão desenvolvendo aplicativos específicos para as necessidades de seus empregados.
  • Algumas novas empresas que começaram a utilizar o iPhone recentemente incluem Credit Suisse, Kimberly Clark, St. Jude Medical, Nike e Facebook.
  • HOT! Cook comentou que, mesmo com a alta estimativa da empresa para as vendas de iPhones, o resultado foi superior. “No final, não apostamos alto o suficiente”, disse o CEO. “Nossos consumidores estão amando o iPhone, e nós estamos muito felizes com isso.”
  • O iPhone 4S foi o aparelho da Apple mais popular do trimestre, vendendo mais que o iPhone 4 e o 3GS.
  • HOT! A demanda na China está impressionante. As vendas por lá estavam altas até mesmo no FQ4 2011, quando a demanda global não estava tão alta assim.

Apple TV

  • Cook afirmou que a Apple TV está muito bem, com vendas acima de 2,8 milhões de unidades durante o ano fiscal de 2011 — 1,4 milhão apenas no último trimestre.
  • “Nós continuaremos a adicionar coisas a ela. Se você está utilizando o último modelo, eu não sei você, mas eu não consigo mais viver sem [a Apple TV]”, disse Cook.

iPod + iTunes

  • Conforme a tendência natural, as vendas do MP3 player da Maçã caíram 21% ano a ano. Foram comercializados 15,4 milhões de iPods, e as receitas deles caíram 26%.
  • HOT! Para Oppenheimer, o total de iPods vendidos ultrapassou as expectativas da empresa, e o mercado norte-americano continua sendo dominado por ele, com uma fatia maior que 70%.
  • HOT! Dos 15,4 milhões de gadgets comercializados, mais da metade foram iPods touch.
  • O CFO da empresa revelou que mais de 140 milhões de downloads (incluindo apps e conteúdo) foram feitos no dia de Natal.

iOS + [Mac] App Store

  • HOT! Mais de 600.000 cópias do novo iBooks Author já foram baixadas desde o evento educacional, realizado na semana passada.
  • HOT! O novo aplicativo da iTunes U também fez sucesso: ele foi baixado mais de 3 milhões de vezes.
  • HOT! O iCloud já conta hoje com 85 milhões de usuários.
  • A App Store hoje conta com 550.000 aplicativos, sendo 170.000 deles específicos para o iPad.
  • HOT! A loja da Apple já pagou US$4 bilhões a desenvolvedores.

Apple Retail Stores

  • O novo sistema de pagamento EasyPay está facilitando bastante a vida de consumidores e de empregados das lojas da Apple.
  • 110 milhões de pessoas visitaram as lojas da Maçã entre 25 de setembro e 31 de dezembro de 2011. Na média, cada loja recebeu 22.000 visitantes por semana.

Projeções para o próximo trimestre

  • São esperadas receitas de US$32,5 bilhões e lucros por ação diluída de aproximadamente US$8,50.
  • Falando específicamente sobre a mergem de lucro da companhia, um ambiente favorável para componentes permitiu antingir os 44%, mesmo com a falta de HDDs no mercado. Para Cook, o cenário continuará assim até, pelo menos, o próximo trimestre fiscal da Maçã.

·   ·   ·

A Apple terminou o ano de 2011 com US$97 bilhões em caixa, um aumento de US$16 bilhões em relação ao trimestre fiscal anterior. Peter Oppenheimer falou que os executivos da empresa estão constantemente conversando sobre potenciais usos para o seu enorme caixa, contudo, não há informações para serem compartilhadas neste momento.

Comentando a mais nova aquisição da Apple, a Anobit, empresa especializada em tecnologia de armazenamento flash, o CEO disse: “A Anobit tem talentos técnicos fantásticos. Somos muito afortunados de termos eles se juntando a nós.”

Na expectativa destes resultados, a NASDAQ:AAPL fechou o dia cotada a US$420,41 (queda de 1,64%); nas negociações pós-fechamento, porém, ela se aproximou dos US$460 (aumento de 8%), superando com folga os US$400 bilhões em market cap.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários