Analistas comentam resultados da Apple, após errarem em absolutamente todas as previsões

Analistas e resultados da Apple

E a história se repete: após a divulgação dos fantásticos resultados financeiros, o Fortune Tech fez a sua apuração da performance de analistas “profissionais” e independentes. Nem os mais otimistas dos “amadores” imaginariam algo como o que a Apple registrou, mas chegaram perto.

Veja só:

Analistas e resultados da Apple

O melhor colocado desta vez foi Navin Nagrani, do AAPL Independent Analysts, com uma margem de erro em faturamento e em ganhos por ação diluída de 5,23%. Entre os profissionais o menos ruim foi Nehal Chokshi, da Technology Insights, com 13,72% — apenas um pouco acima do pior dos independentes, Mark Beauch (também do AAPL Independent Analysts), com 15,53%. Na lanterninha da tabela ficou Hendi Susanto, da Gabelli & Co., com absurdos 29,9% de margem de erro.

A Apple superou as melhores das estimativas em receita, em ganhos por ação diluída, em vendas iPhones e em margem bruta. Alguns analistas se aproximaram somente de vendas de iPods, Macs e iPads — mas sem muita precisão, errando bastante nos outros números.

“A performance que a Apple divulgou para o trimestre de dezembro superou todos os nossos cenários mais otimistas, especialmente para iPhones e iPads”, comentou Ben Reitzes, da Barclays Capital.

“Os fortes resultados do Q1 oferecem um adiantado voto de confiança para o CEO Tim Cook e sua equipe, e a sólida orientação da empresa mostra um momento contínuo de ciclos de produtos e mercados em expansão”, afirmou Mike Abramsky, da RBC Capital Markets.

[comentários via Fortune Tech]

Posts relacionados

Comentários