Apple é acusada de não pagar “imposto francês” criado para proteger artistas, autores e atores

Beatles tocando no iPad 2

De acordo com o jornal francês Les Echos, a Copie France, que defende os direitos de autores, artistas e atores, processou a Apple em agosto passado, alegando que ela não pagou as devidas taxas referentes a alguns modelos específicos de iPads, mesmo depois de ter aumentado o preço da tablet no mercado francês, em fevereiro de 2011 — o valor total não repassado para o órgão francês gira em torno de US$6,3 milhões (4,74 milhões de euros).

Publicidade

Beatles tocando no iPad 2

O taxa é cobrada em cima de aparelhos que são capazes de gravar conteúdo audiovisual, permitindo aos donos armazenar cópias de músicas, vídeos e filmes para uso próprio. Para cada gadget com 64GB (ou mais), por exemplo, uma taxa de 12 euros deve ser paga pela fabricante. O valor da dívida seria referente a 500.000 unidades de iPads vendidas ao longo do ano passado.

A Apple se juntou a diversas empresas como Nokia, Motorola e Research In Motion (RIM) para protestar contra a taxa. A manifestação parece ter surtido efeito, já que tablets não precisarão mais pagar o “imposto” neste ano — decisão que foi tomada em 1º de janeiro. Porém, a comissão responsável pela taxação se encontrará novamente no dia 3 de fevereiro, a fim de discutir o impacto da taxa para as fabricantes e suas respectivas operações no país.

Publicidade

[via TNW]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…