Em discurso para empregados da Apple, Tim Cook falou bastante sobre as recentes doações da empresa

Hospital - Stanford

Em 26 de janeiro, Tim Cook realizou uma “pequena reunião” com empregados da Apple, no campus da empresa. Lá, parabenizou a todos pelo excelente resultado financeiro da companhia e anunciou um novo programa de descontos de Macs e iPads para empregados, que entrará em vigor em junho deste ano.

Hospital - Stanford

Porém, não foi só isso que aconteceu no encontro, no Town Hall. Falando especificamente sobre filantropia, Cook revelou que a Apple doou US$50 milhões para o Hospital de Stanford, dos quais US$25 milhões serão usados para levantar um novo prédio e outros US$25 milhões para um novo hospital somente para atender crianças. Além disso, o CEO falou bastante sobre a posição de liderança da empresa no Join(RED) — a Maçã já doou mais de US$50 milhões para a causa que combate a AIDS na África.

Nesse ponto — ainda mais se falarmos do novo programa de equiparação de doações — vemos que Cook é bem diferente de Steve Jobs, que, de acordo com Adam Lashinsky, preferia ver esse tipo de atitude sendo feito por acionistas da empresa.

Não me espantarei em nada se, dentro de algumas semanas, a Apple responder às acusações sobre as condições de trabalho na China com alguma atitude além da resposta formal/escrita de Tim Cook.

[via The Verge]

Posts relacionados

Comentários