Conforme previsto, loja da Apple no Grand Central Terminal já está beneficiando o comércio vizinho

Foto oficial da Apple Retail Store do Grand Central Terminal, em Nova York

Mesmo pagando bem mais do que o inquilino anterior, o acordo entre Apple e MTA (Metropolitan Transportation Authority) referente à mais recente loja da Maçã em NY, localizada no Grand Central Terminal, foi “alvo de investigação”.

Publicidade

Foto oficial da Apple Retail Store do Grand Central Terminal, em Nova York

Na época, a MTA esclareceu o episódio (grifo nosso):

Em relação a qualquer exigência de uma investigação sobre o contrato de arrendamento, o nosso comentário é: pode vir com tudo! Este é o melhor negócio possível para a MTA, quadruplicando o aluguel que recebemos e trazendo grande tráfego ao GCT, o que vai aumentar as receitas de todos os nossos lojistas. Estamos ansiosos para explicar os detalhes desta competitiva transação para quem está interessado.

Para quem duvidou, eis a prova: de acordo com o Crain’s New York Business, lojistas do terminal estão faturando mais depois que a Apple Store abriu suas portas. O restaurante Michael Jordan’s The Steakhouse N.Y.C., por exemplo, viu seu faturamento crescer 7% após a inauguração. “O aumento só ocorreu depois da abertura da [loja da] Apple”, afirmou Peter Glazier, um dos proprietários. “Nós sabemos que os clientes deles estão vindo aqui. Eu estou sempre procurando pelas pequenas sacolas brancas”, disse Matthew Glazier, filho de Peter.

Publicidade

Isso é o que eu chamo de um bom negócio: tudo muito está ganhando! 😛

[via TNW]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…