iPhone 4S incorpora tecnologia de redução de ruídos da Audience dentro do próprio chip A5

Logo earSmart

Mais um possível motivo para o iPhone 4 não ter a Siri (assistente virtual disponível somente no iPhone 4S): o chip A5. De acordo com documentos enviados para à SEC (Securities and Exchange Commission), a Audience revelou que o iPhone 4S (mais específicamente o seu processador, o A5) incorpora uma tecnologia proprietária chamada earSmart, capaz de cancelar ruídos.

Banner earSmart

Muitos podem se questionar: “Mas o iPhone 4 já não tinha isso?” Sim, ele já utilizava um sistema de cancelamento de ruídos, só que, em vez de ter um chip específico para isso, o iPhone 4S incorporou tal tecnologia dentro de seu próprio processador — o que explica ainda o porquê do seu tamanho.

Para o analista Linley Gwennap, da firma Linley Group, essa situação “ajuda a explicar por que a Apple não oferece a Siri como uma atualização de software para o iPhone 4”. Com a melhora da tecnologia, usuários não necessariamente precisam falar com o telefone ao lado da boca para que o conteúdo seja identificado corretamente, já que o processador de voz earSmart distingue e interpreta os sons naturalmente. Ele basicamente isola, aumenta o sinal de voz principal, suprimindo o ruído envolvente — os resultados são conversas mais claras, mesmo com o aparelho não tão próximo da boca.

Tecnologia earSmart

Não temos como afirmar com certeza, mas como a Apple não poderia garantir o bom funcionamento da Siri no iPhone 4 (menos ainda em iPods touch, que não contam com um hardware tão “caprichado”), essa pode ser mais uma explicação do porquê de tais iGadgets não contarem com a assistente virtual de Cupertino.

Em uma nota relacionada, o terceiro chip de redução de ruídos da empresa está saindo do forno, contudo, mesmo com um contrato de licença já estabelecido com a Maçã, nada garante que ela colocará tal tecnologia dentro de futuros iProducts — ainda que esse seja o caminho natural das coisas.

[via CNET News]

Posts relacionados

Comentários