J.P. Morgan prevê pagamento de dividendos, mas prevê escassez de papéis da Apple

Logo da Apple na Quinta Avenida visto de baixo

A reunião de acionistas da Apple ocorrida na última quinta-feira não trouxe nenhuma novidade acerca do pagamento de dividendos, mas ainda há muitos analistas que acreditam que isso virá, mais cedo ou mais tarde. Um deles é Mark Moskowitz, da J.P. Morgan, que comentou o assunto há alguns dias.

Publicidade

Logo da Apple na Quinta Avenida visto de baixo

Para ele, o grande problema disso é que há grandes possibilidades de os papéis da Apple se tornarem muito escassos no mercado, visto que eles não são dominados por instituições financeiras e, se forem de fato pagos, os dividendos poderão ser bem generosos — na casa de 3-4%.

Por outro lado, essa potencial escassez poderá aumentar bastante o valor das ações da Apple — o que muitos veem hoje como baixo demais. A valoração múltipla da Apple poderá retornar para 13-15x o índice P/L, contra 10-12x atuais.

Publicidade

Na oportunidade, Moskowitz reiterou uma classificação de “Sobrepeso” para as ações da Apple, com um preço-alvo de US$625. Ontem, a NASDAQ:AAPL fechou num recorde histórico de US$525,76.

[via Financial Post]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…