Mais de 200.000 novos iPads já entraram na China pelo mercado paralelo

iPad

Não tem jeito: a Apple tenta evitar esse tipo de situação ao máximo — com algum sucesso, é verdade —, mas enquanto a demanda por iProducts continuar alta desse jeito, a história vai se repetir.

iPad

Segundo o Tech in Asia, mais de 200.000 novos iPads já estão circulando em Shenzhen. A grande maioria está sendo comprada em Hong Kong e levada para a cidade chinesa, já que a travessia não é algo difícil. Contudo, até mesmo unidades americanas fazem parte do mercado paralelo, por lá.

Para cada aparelho honconguês, as mulas ganham cerca de US$13, enquanto que nos Estados Unidos cada tablet repassada ao mercado paralelo vale US$20. Como o lançamento ainda está “fresquinho”, os novos iPads estão valendo algo próximo de US$1.580 no país — a tendência é que, com o passar do tempo, o valor diminua, chegando próximo dos US$500.

Sabe o que é mais louco nessa história? A Foxconn tem fábrica em Shenzhen, onde iPads são produzidos.

[via TNW]

Posts relacionados

Comentários