Apple poderá entrar em acordo com o Departamento de Justiça dos EUA sobre a questão envolvendo cartel de ebooks

Ícone do iBooks

Ícone do iBooksO Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ) ameaçou processar a Apple e as principais editoras do mercado por condutas antitruste. Contudo, conforme informa a Reuters, parece que tudo será resolvido sem a necessidade de um tribunal.

Nada ainda está confirmado, mas fontes da agência de notícias falaram que, dentro das próximas semanas, a Apple poderá fazer algumas concessões, abandonando o modelo de negócios baseado em agências, o qual permite às editoras escolherem seus preços enquanto ela abocanha uma parte dos lucros (30%). Além disso, a Apple teria acordado com as principais editoras do mercado para que os preços dos ebooks em outras lojas — as quais não utilizam o modelo da Apple —, fossem iguais ou maiores aos praticados na iBookstore.

Caso o acordo saia, a comercialização voltará a ser baseada no “antigo” modelo de venda por atacado, utilizado pela Amazon — era possível, por exemplo, encontrar lançamentos de ebooks por US$10, coisa que não existe hoje no modelo da Apple, já que são as próprias editoras que escolhem o preço final do produto.

[via Electronista]

Posts relacionados

Comentários