Oh, a ironia: cofundador do Google fala sobre liberdade na web e da grande ameaça do Facebook e da Apple

Sergey Brin, cofundador do Google

Entrevistado pelo jornal britânico The Guardian, o cofundador do Google, Sergey Brin, falou bastante sobre “liberdade na internet” — só não tomou muito cuidado para não fazer um discurso com um ar “bonitinho”, mas todo direcionado aos interesses de sua empresa.

Sergey Brin, cofundador do Google

Para Brin, boa parte dessa ameaça vem de “uma combinação de governos cada vez mais tentando controlar o acesso e a comunicação pelos seus cidadãos, as tentativas da indústria de entretenimento de derrubar a pirataria, e a ascensão de ambientes ‘restritos’ como Facebook e Apple, os quais controlam firmemente que softwares podem ser lançados em suas plataformas”.

Até aqui, estamos falando de tudo que foge ao controle da empresa ou que prejudica o funcionamento de produtos/serviços do Google. Mas Brin continuou: “Há muito a ser perdido. Por exemplo, todas as informações em apps — esses dados não podem ser enxergados por web crawlers. Você não pode buscá-los.”

Sim, porque para o Google só importa que buscas sejam feitas pelo seu próprio sistema. 😉

Será que o Google está mesmo pensando no que é melhor para os usuários?

[via Slashdot]

Posts relacionados

Comentários