Dica de leitura: fitas de entrevistas “perdidas” revelam ainda mais histórias sobre Steve Jobs

Desenho de Steve Jobs no tapete vermelho com a Pixar

A Fast Company publicou hoje um longo artigo reunindo uma série de histórias sobre a vida de Steve Jobs recuperadas em “fitas perdidas” de entrevistas realizadas previamente — em mais de 25 anos de trabalho.

Desenho de Steve Jobs no tapete vermelho com a Pixar

A matéria conta de maneira diferente — e com algumas novidades/peculiaridades — como foi o processo de criação da Apple e da demissão de Jobs, seu período na NeXT e na construção da Pixar, o retorno à Apple até o auge do sucesso, que culminou com a sua morte.

Apesar de pouco se falar desses “anos sombrios” em que Jobs esteve afastado da Apple, o repórter Brent Schlender conclui que foi justamente aí que o executivo trabalhou e cresceu a ponto de se tornar o gênio/homem de negócios que levaria a Apple aonde ela está hoje.

Se a sua quarta-feira está corrida, guarde este link mas não deixe de ler o artigo [em inglês, é claro — é matéria de capa da edição de maio da revista] no seu próximo tempo livre. Vale a pena ler também o texto “Steve Jobs e Eu”, que Schlender escreveu poucas semanas após a morte de Jobs.

[via Apple 2.0]

Posts relacionados

Comentários