Dica de leitura: The New Yorker publica longo artigo perfilando o hacker George “Geohot” Hotz

Charge de Geohot

Charge de GeohotFamoso por desbloquear o iPhone e depois por trazer dores de cabeça semelhantes para a Sony, com o PlayStation 3, o hacker George Hotz — mais conhecido como Geohot — foi perfilado na última edição da revista The New Yorker.

Publicidade

A última notícia que tínhamos de Geohot é que, no finalzinho de janeiro, ele deixou o Facebook após oito meses de trabalho por lá. Até então, não houve novidades quanto ao hacker voltar a trabalhar em unlocks/jailbreak para iGadgets e afins — e, segundo ele disse ao The New Yorker, esse tipo de coisa está mesmo fora dos seus planos.

A reportagem conta um pouco de tudo sobre a vida de Hotz, incluindo seus primeiros passos em programação (desde que ele tinha apenas 5 anos de idade!), suas conquistas profissionais, batalhas na justiça e por aí vai. Geohot tem agora 22 anos.

Uma citação no meio do texto dá uma dica do que se encontra por lá: “Eu vivo por morais, e não por leis. Leis são criadas por idiotas.” Separe um tempinho e não deixe de ler — em inglês, é claro.

Publicidade

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…