Juiz classifica petição da Apple como “frívola”

Richard A. Posner

Richard A. PosnerA relação entre os advogados da Apple e o juiz Richard A. Posner azedou de vez. Se anteriormente o juiz classificou uma ação dos advogados de amadora, agora ele foi ainda mais longe:

Eu nego a segunda metade da petição da Apple (buscando proibição do depoimento) como sendo frívola, e a primeira metade (buscando substituição) como intempestiva. Eu tive minha dose de frivolidade com os documentos da Apple. Eu a proíbo de preencher qualquer petição sem antes se movimentar para obter uma permissão.

Segundo Florian Mueller, do FOSS Patents, o juiz negou o pedido da Apple em uma disputa contra a Motorola devido ao fato de ela ter tentado usar um problema médico da esposa de um perito para bloquear o depoimento. Três dias após ela ser negada, os advogados da Maçã tentaram novamente, contudo, sem citar os problemas de saúde.

Veremos se isto influenciará em algo na decisão da peleja.

Posts relacionados

Comentários