Juntos, Scott Forstall e Mickey Drexler venderam mais de 100.000 ações da Apple

Scott Forstall

Embora as ações da Apple tenham caído nos últimos dias, os executivos da empresa continuam aproveitando o bom momento financeiro da companhia. Nesta semana, Scott Forstall (vice-presidente sênior de software iOS) e Mickey Drexler (presidente e CEO da J. Crew, membro do conselho da Apple) ficaram um pouco mais ricos.

Scott Forstall

Em 2008, Forstall ganhou 120.000 ações da Apple como bônus — recentemente, ele vendeu 55.849 delas. Agora, segundo informações enviadas à Securities and Exchange Commission (SEC), se desfez das outras 64.151, embolsando US$38,7 milhões.

Atualmente o executivo tem “apenas” 2.988 ações, as quais valem cerca de US$1,75 milhão. Contudo, em breve ele receberá outra gratificação para que continue trabalhando na Apple — 150.000 divididas em duas parcelas (uma agora e outra em 2016), e uma segunda gratificação de 100.000, a qual será resgatada em 2014.

Já Drexler vendeu 20.000 ações (de 2003) pré-fixadas em US$9,16 e outras 20.000 (de 2004) com preço de US$14,20, embolsando US$24,1 milhões. Ele ainda detém 584 ações da empresa, as quais equivalem hoje a cerca de US$384 mil.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários