Nova versão do iPad 2 tem o melhor desempenho de bateria já visto em tablets da Apple

Gráfico da AnandTech - Bateria do "novo iPad 2"

Quando a Apple lançou o novo iPad, ela optou por continuar vendendo o iPad 2 de 16GB com um corte de US$100 em seu preço. Contudo, o valor do produto não foi a única novidade: a empresa fez leves modificações nas especificações do aparelho (de codinome iPad2,4), como por exemplo, a adoção de uma variação do processador A5, esta com 32 nanômetros — a antiga era fabricada num processo de 45 nanômetros.

Clique nas imagens a seguir para ampliá-las:

Gráfico da AnandTech - Bateria do "novo iPad 2"Gráfico da AnandTech - Bateria do "novo iPad 2"

O que pouca gente sabia, até agora, é que isso influenciou diretamente o consumo de bateria do gadget, segundo informou o AnandTech. Testes realizados mostraram que, ao navegar pela internet, a bateria do “novo iPad 2” aguentou cerca de 1,6 hora a mais; já em testes de reprodução de vídeos e gráficos 3D, o ganho passou de 2 horas!

Gráfico da AnandTech - Bateria do "novo iPad 2"Gráfico da AnandTech - Bateria do "novo iPad 2"

Vale ressaltar que a performance entre as variações do iPad 2 é praticamente a mesma, contudo, por ter um chip menor e mais eficiente, o “novo iPad 2” se manteve um grau mais frio quando testes com jogos intensos (Infinity Blade II) foram realizados.

Sem dúvida, esses novos processadores de 32nm têm tudo para equipar a próxima geração de iPhones. 🙂

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários