Rumor: site afirma que Apple vai lançar um “iPad mini” em outubro, junto ao novo iPhone

Conceito de iPad mini

Esta, os céticos de plantão vão amar! 😛

De acordo com uma fonte do iMore, que segundo eles já se mostrou confiável no passado, a Apple vai lançar um iPad de 7 polegadas em outubro, junto à sexta geração do iPhone. O “iPad mini” chegaria ao mercado com um preço inicial entre US$200-250, a fim de “acabar” com a concorrência — assim como a Apple fez em 2004, quando ampliou a linha do iPod, lançando o modelo mini.

Tudo leva a crer que, se a Apple for mesmo lançar esse gadget, ele terá 7,85 polegadas, de maneira a manter compatibilidade com os atuais aplicativos disponíveis na App Store. Contudo, eles não conseguiram uma confirmação exata do tamanho dela. Ainda de acordo com a fonte, a tela seria idêntica à do novo iPad (em menor escala), o que a deixaria com uma densidade muito próxima à do iPhone 4S, com 326ppi — ou seja, maior que a do iPad atual.

Conceito de iPad mini

O “iPad mini” mais básico teria apenas 8GB de espaço para armazenamento e, diferentemente do que muita gente anda especulando, ele *não* chegaria para substituir o iPod touch, o qual continuará sendo comercializado pela Maçã.

Para quem não acredita em um iPad de 7 polegadas, se pautando nas palavras de Steve Jobs — o ex-CEO da Apple era totalmente contra uma tablet dessas proporções —, aqui vão dois avisos: 1. infelizmente, Jobs não está mais entre nós, e quem comanda a empresa agora é Tim Cook; 2. Steve Jobs também disse que ninguém queria ver vídeos em iPods, que a Apple não estava desenvolvendo um telefone… bem, você entendeu. 😛

A verdade é que, quer queira, quer não, um iPad menor e mais barato faz muito sentido para a empresa tomar de vez para si o mercado educacional, além de atingir um outro público, o qual ainda não tem poder aquisitivo suficiente para comprar um iPad “normal”, mesmo que seja o de segunda geração (16GB), o qual teve um corte em seu preço.

Eu particularmente acredito muito na ideia de um “iPad mini”. Se ele será lançado em agosto, em setembro, ou em outubro, não posso dizer. Se bobear, é capaz de ele aparecer somente em 2013 — ou nem aparecer, afinal, estamos falando da Apple. O que eu não acho provável é um lançamento simultâneo de um novo iPhone e um novo iPad. Seria muito mais interessante para a Maçã lançar os produtos em meses/eventos diferentes, pois assim ela se mantém na mídia por mais tempo (como se precisasse), e daria tempo suficiente para as suas parceiras produzirem boas quantidades dos novos gadgets — se o lançamento do iPhone sozinho já é uma loucura, imagine junto a um novo iPad!

Mais uma vez: façam as suas apostas!

Posts relacionados

Comentários