Apple revela que seu data center em Maiden será todo alimentado por energia renovável [atualizado com comentário do Greenpeace]

Mapa do data center da Apple

Hoje mais cedo noticiamos que o projeto da Apple para construir uma usina solar ao lado do seu data center em Maiden, na Carolina do Norte, foi aprovado por comissários do Estado. Porém, como sabemos, essa não será a única fonte de energia renovável que ela terá por lá; também será construída, pertinho, uma usina de biogás, alimentada por células de combustível.

Mapa do data center da Apple

A novidade do dia é que toda essa infraestrutura será capaz de alimentar 60% do data center da Apple, enquanto os outros 40% virão de fontes naturais locais  — a instalação será 100% abastecida por energia renovável, provavelmente já antes do final deste ano.

Segundo uma nova página publicada no site da Apple (“Data Centers and Renewable Energy”), a infraestrutura elaborada por ela será capaz de prover 84 milhões de kWh de energia anualmente — e ela não parará por aí, já com planos de expansão para 2013. Um novo data center que já está sendo construído em Prineville (Oregon) também será 100% alimentado por energia renovável, enquanto o antigo data center de Newark (Califórnia) deverá seguir o mesmo caminho até o ano que vem.

Veremos o que o Greenpeace dirá, agora.

[via Reuters]

Atualização

Em uma extensão da reportagem original, a Reuters disse que a Apple confirmou estar trabalhando ambas SunPower e Bloom Energy nessas infraestruturas energéticas para o seu data center.

Juntas, as duas usinas solares cobrirão uma área de 250 acres (mais de 1 milhão de metros quadrados!), o dobro do previsto inicialmente. “Não tenho conhecimento de nenhuma outra empresa produzindo energia local nessa escala”, afirmou Peter Oppenheimer, CFO da Apple.

Gary Cook, analista sênior de TI do Greenpeace International, também teceu comentários sobre a notícia: “O anúncio de hoje da Apple é um grande sinal de que ela está levando a sério os centenas de milhares de consumidores que clamaram por um iCloud alimentado por energia limpa, e não por carvão sujo.”

É isso aí, Apple! 😉

Posts relacionados

Comentários