E continuam surgindo fotos de supostas peças do iPhone de sexta geração, confira

Peças do novo iPhone?

Depois de dois conjuntos de imagens que já surgiram desde a manhã [1, 2], o 9to5Mac acaba de publicar mais fotos — estas, com ótima resolução — de supostas peças destinadas ao iPhone de sexta geração.

Publicidade

Desta vez, dá pra comparar bem os modelos preto e branco:

Peças do novo iPhone?

Conforme apontaram rumores trazidos no começo do mês pelo iLounge, o novo aparelho teria a parte central da sua traseira feita de metal. Naquela época, surgiu até mesmo um mockup realista de como ele poderia ser. Se isso for mesmo quente, ainda é cedo para afirmar se a mudança é somente estética ou se trará algum benefício técnico para o produto.

Publicidade

Também dá pra observar claramente, de novo, a entrada para fones de ouvido agora na parte inferior — assim como ocorre em iPods touch. Isso bate com uma peça vazada há algumas semanas e também pode ser explicada pela diminuição do tradicional conector de dock, o qual muito provavelmente deixará de ter 30 pinos como o atual — passando para um formato mais moderno e compacto.

De resto, só dá pra ver ainda um pequeno buraquinho entre a câmera iSight traseira e o seu flash LED — especula-se que seja o segundo microfone, hoje posicionado no topo do iPhone. Assim, ele poderia melhor captar o áudio de vídeos filmados com o smartphone.

Outra peça interna, a qual mostra que o botão Home não deixará de existir:

Publicidade

Peças do novo iPhone?

Aqui, o painel frontal da versão preta:

Peças do novo iPhone?

Publicidade

Apesar de ser difícil observar pelas imagens, informações obtidas pelo veículo apontam que a tela tem mesmo a largura da atual, porém é mais alta — chegando às faladas 4 polegadas, com 640×1136 pixels de resolução. Vejam ainda que a câmera FaceTime frontal teria sido movida para cima do falante.

Por fim, parece que o novo iPhone continuará usando uma bandejinha para chip Micro-SIM. A expectativa, porém, é que ele siga o caminho do iPad de terceira geração e adote uma baseband compatível com redes 4G (LTE).

É, pessoal, a coisa já está pegando fogo! 😉

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…