Governo brasileiro afirma continuar trabalhando em projeto de isenção fiscal para smartphones

Charge sobre impostos

A novidade já é aguardada desde o ano passado: consumidores querem que o governo isente smartphones do pagamento de certos impostos, tal como já fez com tablets.

Publicidade

No caso específico da Apple isso tende a ser muito positivo, visto que quase todos os iPhones já são fabricados em território nacional. O iPhone 4 de 8GB teve o seu IPI reduzido, mas o que realmente fará diferença será a possível isenção do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Charge sobre impostos

De acordo com uma reportagem do UOL, nosso ministro das comunicações, Paulo Bernardo, está trabalhando para acelerar todo esse processo e, segundo ele, as isenções em smartphones poderão chegar a 35%. O assunto vem sendo debatido em Brasília há pouco mais de um mês.

Publicidade

“Nós já temos modelos avançados de smartphones, com touchscreen e sistema Android, que podem ser comprados por preços que vão de R$380 a R$400. Com a opção de compra parcelada e o crescimento do poder aquisitivo, acreditamos que as vendas podem ser muito estimuladas”, afirmou Bernardo. Vale notar, porém, que cabe a cada fabricante decidir o quanto desse benefício, se aprovado, repassar ao consumidor final.

Além das isenções de impostos em smartphones, o ministério pretende apresentar à presidente da República, Dilma Rousseff, um projeto que engloba incentivos também para internet banda larga e TV por assinatura.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…