WWDC 2012: Scott Forstall apresenta o iOS 6, com direito a novo app de Mapas, Siri em iPads e integração com Facebook

Logo/ícone do iOS 6

Scott Forstall, o chefão do iOS dentro da Apple, subiu ao palco para falar sobre o iOS 6. Mas antes, uma pequeno panorama da plataforma móvel da Maçã:

  • Até março, foram vendidos 365 milhões de iGadgets.
  • Praticamente todos estão rodando o iOS 5; no Android, apenas 7,1% rodam o último sistema operacional.
  • 81% dos apps utilizam a Central de Notificações.
  • Mais de 1,5 trilhão de notificações já foram enviadas.
  • São 140 milhões de pessoas usando o iMessage.
  • Mais de 150 bilhões de mensagens enviadas.
  • 10 bilhões de tweets saíram do iOS.
  • 47% das fotos enviadas para o serviço saíram de iGadgets.
  • 130 milhões de pessoas usam o Game Center.
  • 75% dos usuários estão satisfeitos com o iOS 5, enquanto que na concorrência a satisfação é de 50%.

iOS 6

Para o iOS 6, a Apple preparou mais de 200 novidades, e a primeira apresentada/comentada foi a Siri. Nesse período de oito meses, a assistente aprendeu bastante coisa, como por exemplo, informar resultado de jogos (baseball, futebol americano, basquete, etc.), informações de jogadores, etc. Nos Estados Unidos, através de uma parceria com o OpenTable, a Siri pode fazer reservas em restaurantes. Já na área de filmes, ela ganhou integração com o site Rotten Tomatoes.

Siri e filmes, no iOS 6

Conforme esperado por muitos, ela está mais integrada ao sistema, sendo capaz de abrir aplicativos. Ela também ganhou uma maior integração com sistemas automotivos de algumas fabricantes, e passou a suportar diversos idiomas — aparentemente, nada de português, ainda. Para os donos do novo iPad, boa notícia: a assistente vai chegar à tablet de terceira geração — e tudo indica que apenas para ela.

Confirmando outro rumor, o novo sistema também ganhou integração nativa com o Facebook — algo bem próximo do que existe hoje com o Twitter. Agora, ambos estão integrados também à Central de Notificações, sendo possível twittar ou postar algo no Facebook através dela. A rede de Mark Zuckerberg também foi integrada à App Store e à iTunes Store, ou seja, agora podemos curtir o conteúdo vendido nas lojas, comparar nossos gostos com amigos, etc. — a mesma integração também chegou ao Mac. Por falar em lojas, todas elas foram redesenhadas no iOS.

Recebendo ligações no iPhone - iOS 6

Já na área das ligações, o aparelho ganhou duas novidades: a opção de enviar uma mensagem quando uma ligação não pode ser atendida, ou então, lembrar de ligar mais tarde (em uma hora, quando sair do local que está, quando chegar em casa ou no trabalho). As notificações também ganharam a função Do Not Disturb (Não Perturbe), ideal para a hora de dormir. O bacana é que a função pode ser totalmente customizada, ou seja, podemos estipular horários, configurar favoritos para ignorar a função, etc.

Novidades mais que bem-vindas também para o FaceTime, o qual passa a funcionar em redes de operadoras. Para melhorar o serviço, o número de telefone do seu aparelho será veinculado ao Apple ID. Assim, se alguém chamar o número, você poderá responder no Mac ou no iPad, caso queira.

Seguindo as melhorias do Safari no OS X Mountain Lion, o iOS 6 receberá a função de Lista de Leitura offline e iCloud Tabs. Uma nova função chamada Smart Banners (Banners Inteligentes) permite uma interação de apps através do Safari. Já no Photo Stream, as fotos podem ser facilmente compartilhadas com amigos, bastando apenas enviá-las por email ou criar uma página de compartilhamento — a partir daí, ela permitirá comentários nas fotos, inclusive com recebimento de notificações quando seus amigos comentarem.

Mail no iOS 6

A função VIP, apresentada no Mail do OS X Mountain Lion, também chegou ao iOS. Com ela podemos marcar as pessoas que consideramos importantes, e o acesso a elas será facilitado. No iOS 6, finalmente podemos inserir fotos e vídeos enquanto escrevemos um email. O famoso recurso “pull to refresh”, que ganhou destaque no app do Twitter, também chegou ao Mail.

Mas nem só de refinamentos vive o iOS 6. Ele também trouxe novos apps como o Passbook, o qual serve para guardamos informações como ingressos de cinema, passagens aéras, cartões de crédito, etc. — tudo integrado com notificações e informação ao vivo. Confirmando a supremacia em acessibilidade, o novo iOS também traz refinamentos nessa área.

Mapas no iOS 6

Já nos mapas, os rumores estavam certos, também. Ele conta com relatório de incidentes (tudo feito anônimamente, pela comunidade), navegação curva a curva — funcionando inclusive na tela bloqueada e, é claro, integrado à Siri. Já na parte 3D, um novo recurso chamado Flyover, o qual podemos “passear” por cidades a bordo de um avião. 😛 Além disso, muitas outras novidades como serviços específicos para a China e melhorias no controle parentais foram implementadas pela Apple.

O beta do iOS 6 já está disponível para download — apenas para desenvolvedores cadastrados —, é compatível com iPhones 3GS/4/4S, com iPads de segunda e terceira gerações e com iPods touch de quarta geração. A versão final do sistema chegará para todos no outono do Hemisfério Norte.

Posts relacionados

Comentários