Apple não consegue se livrar de processo no qual é acusada de invasão de privacidade

Mapas e Bússola em iPhones

Mapas e Bússola em iPhonesSe você tem boa memória e nos acompanha há um bom tempo, vai lembrar do “Locationgate”. Depois de descobrirem que o iOS registrava a localização de iGadgets — as informações ficavam gravadas em um backup do iTunes, sendo possível extrair todos os locais por onde a pessoa passou com seu iPhone —, diversos processos contra a Apple foram abertos alegando invasão de privacidade.

Em um deles, a Maçã estava sendo acusada de facilitar o acesso a elas para empresas de publicidade. Segundo a Reuters, ontem a juíza Lucy Koh deu seu parecer sobre o caso, e ele não foi positivo para a Apple — a companhia terá que continuar se defendendo das acusações, enquanto Google, AdMarvel, AdMob, Flurry e Medialets saíram do processo.

Koh afirmou que os termos de uso da Apple deixaram no ar uma ambiguidade no que diz respeito à coleta de todos esses dados — os quais incluem endereço, sexo, idade, identificadores atribuídos aos dispositivos, funções executadas em aplicativos específicos, etc. — e que os reclamantes poderão exigir danos por isso.

Pelo visto, o “Locationgate” esta longe de acabar…

Posts relacionados

Comentários