↪ Ex-diretor do Goldman Sachs é condenado por vazar informações de empresas (incluindo Apple)

Rajat Gupta

Rajat Gupta
Matéria do WSJ.com:

Ex-diretor do Goldman [Sachs] e da Procter & Gamble, [Rajat] Gupta foi condenado em três acusações de fraude de valores mobiliários e em uma acusação de conspiração, por passar informações de reuniões confidenciais do Goldman para um fundo de investimentos que ganhou milhões de dólares com base em suas dicas. Ele foi absolvido de duas acusações de fraude de valores mobiliários, incluindo a única relativa à P&G.

As informações repassadas por Gupta envolveram, entre outras empresas, a Apple. Ele pode pegar até 20 anos de prisão por cada uma das acusações de fraude e até 5 por conspiração. Contudo, a sentença poderá ser bem menor sob diretrizes federais — o resultado está agendado para 18/10. Vale lembrar que David Loeb, outro executivo do Goldman, também está sendo acusado de insider trading. [9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários