Recurso FaceTime em redes de operadoras ainda é uma incógnita

FaceTime em iPad e iPhone

Durante a apresentação inaugural da WWDC 2012, uma das novidades do iOS 6 comentadas por Scott Forstall (chefão do iOS) é a possibilidade de fazermos videoconferências via FaceTime utilizando a rede de operadoras — se você não sabe, o FaceTime no iOS 5 (e nos anteriores) funciona apenas quando estamos conectados a redes Wi-Fi.

FaceTime em iPad e iPhone

Contudo, segundo o MarketWatch, mesmo a Apple querendo o recurso ainda pode depender da liberação de operadoras. E, como o consumo não é pequeno — uma videoconferência pode consumir cerca de 7MB por minuto —, muitas farão de tudo para não liberar ou, quem sabe, cobrar um algo a mais por isso.

Procurados para responder se o recurso será ou não liberado, representantes de algumas operadoras americanas preferiram não comentar — um porta-voz da AT&T, uma das principais parceiras da Apple, disse que a empresa está trabalhando junto à Maçã nas novidades do iOS 6, mas que compartilhará informações com usuários em uma data mais próxima ao lançamento.

A quarta nota do rodapé desta página, que destaca os novos recursos do iOS 6, mostra o que pode vir pela frente:

FaceTime na rede de operadoras requer o iPhone 4S ou iPad (terceira geração) com capacidade de dados. Cobrança de dados podem ser aplicadas. FaceTime não está disponível em todos os países.

A Apple também não quis comentar o assunto, o que pode indicar que as coisas ainda não foram combinadas 100% com suas parceiras. Bem, por enquanto, só nos resta esperar e torcer para que, no Brasil, a coisa funcione conforme anunciado pela firma de Cupertino.

Ah, não custa lembrar que, caso tudo dê certo e o FaceTime funcione em redes 3G brasileiras, usuários precisam ter muito cuidado para não ultrapassar o limite de dados dos seus planos, afinal, ninguém gostaria de receber uma $urpre$a no fim do mês. 😉

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários