Microsoft apresenta o Windows Phone 8

Windows Phone 8

Na segunda-feira (18/6), a Microsoft anunciou a Surface, sua tablet de 10,6 polegadas. Hoje foi a vez de ela nos mostrar a próxima versão do sistema operacional móvel, o Windows Phone 8.

Windows Phone 8

E se você ficou triste, chateado, decepcionado porque o iPad de primeira geração não receberá o iOS 6, ou que a Siri não vai chegar ao iPad 2, saiba que *nenhum* aparelho sendo vendido atualmente receberá o Windows Phone 8. Sabe aquele Nokia Lumia que está sendo oferecido pela sua operadora? Pois bem, ele já está “obsoleto”.

Isso acontece pois o Windows Phone 8 tem o mesmo núcleo do Windows 8, compartilhando kernel, sistema de arquivos, fundações para mídia, drivers e modelo de segurança. Contudo, os 100.000 apps existentes hoje para o Windows Phone 7.5 vão funcionar perfeitamente no futuro sistema — por outro lado, os apps desenvolvidos especificamente para WP8 não rodarão no WP7.5.

Tirando este “pequeno” (e chato) detalhe, as novidades apresentadas pela companhia de Steve Ballmer, focadas em hardware, são o suporte a processadores de múltiplos núcleos (em teoria, até 64 cores são suportados!), a tecnologia NFC (Near Field Communication, ou Comunicação de Campo Próximo) e a cartões microSD (Secure Digital Card).

As novidades na área do software ficam por conta de adaptação automática de apps para as três resoluções suportadas pelo sistema (800×480, 1280×768 e 1280×720 pixels — WVGA, WXGA e 720p —, duas no formato 15:9 e uma no 16:9), possibilidade de editar os tiles (blocos, quadrados) da tela inicial, Internet Explorer 10 (com novidades no JavaScript no suporte ao HTML5) e mapas da Nokia (com direito a navegação curva-a-curva e possibilidade de ver os mapas offline). O novo sistema também conta com uma carteira virtual, chamada Wallet Hub (uma mistura de Google Wallet com Passbook, do iOS 6), além de uma melhor integração com o Skype.

A Microsoft prometeu o Windows Phone 8 para o quarto trimestre no ano. Os futuros aparelhos ganharão atualizações over-the-air (ou seja, sem a necessidade de se conectar a PCs), além de uma garantia de 18 meses. Para os atuais smartphones, os quais não receberão o novo sistema, a Microsoft vai liberar o Windows Phone 7.8, que trará parte das novidades/melhorias do WP8 (por enquanto, pelo que sabemos, apenas a nova tela inicial).

E aí, Windows Phone 8 ou iOS 6? 😛

[via The Verge]

Posts relacionados

Comentários