Credora tenta novamente liquidar os bens da Proview; situação pode beneficiar a Apple

Fábrica abandonada da Proview

Apple e Proview ainda estão em disputa pelos direitos da marca iPad, na China. As empresas estão conversando com a supervisão do Tribunal Superior de Guangdong, que não vai se posicionar até o esgotamento dessa opção.

No último capítulo, apesar de afirmar que comprou os direitos da marca iPad em 2010, a Maçã ofereceu US$16 milhões para a Proview parar de reclamar. Contudo, a chinesa está em maus lençóis — ela deve cerca de US$2 bilhões — e não aceitou a oferta da firma de Cupertino.

Fábrica abandonada da Proview

Fábrica abandonada da Proview.

Só que a Fubon Insurance, uma das credoras da Proview, tinha dado entrada em um pedido de liquidação dos bens da chinesa, pedido este negado pelo Tribunal de Shenzhen. Nesta semana, porém, segundo o Chinadaily, o caso ganhou um novo capítulo: uma audiência de apelação da decisão.

A Proview insistiu que os ativos fixos da empresa e sua propriedade da marca iPad podem ajudar a saldar as dívidas e pediu ao tribunal que defenda a decisão. Contudo, se o jogo virar e a Fubon conseguir liquidar os bens da Proview, é bem provável que a disputa com a Apple tenha um desfecho positivo para a firma de Cupertino.

O tribunal ainda não se posicionou — assim que o fizer, comunicaremos aqui no site.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários