Goldman Sachs estima valor da base de clientes de iGadgets da Apple: US$295 bilhões

Logo da Goldman Sachs

Quanto valem os consumidores de iGadgets? Pergunta difícil, não? Pois é, mas Bill Shope, do Goldman Sachs, resolveu investigar isso e chegou a um número: US$295 bilhões.

Publicidade

Para isso, Shope dividiu o estudo em duas partes. Na primeira, ele calculou o valor de uma migração do iOS para a concorrência (Android, Windows Phone, entre… na verdade, não tem outros); na segunda, realizou uma pesquisa com 1.000 usuários de iPads e iPhones para descobrir qual desconto oferecido pela concorrência fariam eles mudarem de plataforma.

Logo da Apple com dinheiro voando

Foi aí que Shope descobriu que 94% deles não pensam em trocar de marca, sendo que mais de 20% afirmaram que a concorrência pode oferecer o que for, que eles não trocam. Outro ponto importante é o custo dessa migração: na média, substituir apps, conteúdo (músicas, vídeos, etc. — quando necessário), custa entre US$122-301 por aparelho. Ou seja, no mínimo desanimador.

Publicidade

Outro fator considerado para chegar a esse valor é a base de clientes instalada da Apple. Atualmente, Shope acredita que o número está na casa de 281 milhões, 72% a mais que há um ano. Misturando a média de preço de iProducts, a margem de lucro da empresa, erosão da plataforma e outros fatores financeiros, o analista projetou que cada cliente da Maça vale US$1.053 — multiplicando isso por 281 milhões, chegamos ao valor de US$295 bilhões, mais da metade do market cap da firma de Cupertino.

Sim, muita coisa ficou de fora dessa conta (o incrível caixa da empresa, atualmente em mais de US$110 bilhões, o crescimento da base instalada, os valores dos segmentos Macs e iPods, entre outras coisas). Mesmo assim, não deixa de ser um estudo curioso.

Claro que isso tudo pode mudar no futuro — basta a Apple parar de lançar ótimos produtos, a concorrência apertar, o mercado saturar, etc., mas alguém duvida que a tendência é contrária? Pelo visto nem Shope acredita nisso, afinal, ele recomenda a compra das ações da Apple, colocando um preço-alvo de US$850.

[via Fortune Tech]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…