Steve Ballmer volta a falar sobre Apple e diz que Microsoft não dará mais espaço para ela inovar

Steve Ballmer, CEO da Microsoft

Em entrevista para o CRN, Steve Ballmer (CEO da Microsoft) resolveu reaquecer de vez a rivalidade entre sua empresa e Apple.

Publicidade

Steve Ballmer, CEO da Microsoft

Ballmer confessou que a gigante de Redmond e suas parceiras “cederam” muito espaço para a Apple inovar com sua estratégia de hardware e software integrados, mas que, a partir de agora, com o anuncio do Surface (tablet da empresa), tudo muda: “Estamos tentando deixar claro que não vamos deixar nenhum espaço descoberto para a Apple”, disse o CEO, depois de “enfrentar” 16.000 parceiros na conferência anual da empresa em Toronto.

Nós temos nossas vantagens em produtividade. Nós temos nossas vantagens em termos de gestão empresarial, gerenciamento. Temos nossas vantagens quando você se conecta em infraestrutura de servidores, em empresas.

Mas não vamos deixar nenhum pedaço disso [espaço tomado pela Apple]. Nenhuma nuvem do consumidor. Nenhuma inovação de software/hardware. Nós não vamos deixar nada disso para a Apple. Isso não vai acontecer. Não enquanto estivermos olhando.

Nós nos sentimos capacitados para inovar em todos os lugares, trazendo nossos parceiros com a gente. Nós não iremos deixar qualquer — qual é a expressão que as pessoas gostam de usar — nós não vamos deixar pedra sobre pedra, por assim dizer, enquanto buscamos isso.

Quando perguntado se a Microsoft poderia, um dia, investir em seu próprio smartphone a fim de competir com o iPhone, Ballmer pensou e respondeu: “Agora estamos trabalhando duro no Surface. Esse é o foco. Esse é o nosso objetivo. Olha, nós vamos ver o que acontece. Temos bons parceiros como a Nokia, a HTC no segmento de telefones. Eu amo o que temos em curso com o Surface. Vamos focar no Surface e em nossos outros parceiros de tablet com Windows 8 e ver se conseguimos fazer algo acontecer.”

Publicidade

Sinceramente, alguém tem dúvida de que a Microsoft, mais cedo ou mais tarde, vai desenhar/produzir seu próprio smartphone? É, Nokia, é bom vocês terem um “plano B” de verdade, pois senão…

Sobre as declarações de Ballmer “contra” a Apple, bem, todos nós sabemos que não dá pra levá-lo muito a sério. Basta lembrar algumas de suas declarações — a mais icônica, a de quando o iPhone foi lançado:

Publicidade

Sim, ele riu do iPhone e disse que estava muito satisfeito com a estratégia de sua empresa. 😛

[via GigaOM]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…