Senador americano pressiona Departamento de Justiça para que abandone processo contra Apple

Senador americano Charles Schumer

Não é incomum lermos o nome Charles Schumer, senador americano, aqui no site. Na última vez, o político se mostrou bastante preocupado com os novos mapas 3D de alta definição de Apple e Google, principalmente na utilização da ferramenta por terroristas e pela invasão de privacidade.

Publicidade

Senador americano Charles Schumer

Agora, segundo o WSJ.com, Schumer saiu em defesa da Apple, pedindo ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos (Department of Justice, ou simplesmente DoJ) que abandone o processo contra a Maçã, no qual a empresa é acusada de cartel em ebooks juntamente a algumas das maiores editoras dos EUA — ele será julgado em junho de 2013.

Recentemente, o Departamento de Justiça entrou com uma ação contra a Apple e grandes editoras, alegando que eles conspiraram para aumentar os preços no mercado de livros digitais. Embora a afirmação soe plausível, a ação poderia acabar com a indústria editorial como conhecemos, o que tornaria muito mais difícil para jovens autores ter seu material publicado.

O processo irá recolocar a Amazon em sua posição de dominação no mercado de ebooks, a qual ocupou por anos antes de a competição chegar em forma de Apple. Se isso acontecer, os consumidores serão forçados a aceitar o que for definido pela Amazon.

Algumas informações de fato suportam a acusação do DoJ, mas sem dúvida o senador também está correto ao afirmar que o mercado como um todo será bastante prejudicado caso a Apple perca o processo. É bom lembrar, também, que a Maçã bateu o pé quando foi acusada, querendo decidir o caso no mérito.

[via 9to5Mac]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…