Firma de advocacia da Proview agora quer segurar transferência da marca “iPad” para a Apple

Silhueta de pessoa em frente a banner com o nome iPad 2

Depois do fim da disputa entre Apple e Proview, na China, o novo iPad já foi até lançado por lá, mas quando tudo parecia lindo eis que parece que a Maçã ainda terá uma pequena dor de cabeça com esse caso.

Silhueta de pessoa em frente a banner com o nome iPad 2

Há alguns dias, conforme cobrimos aqui no site, a Proview foi processada pela própria firma de advocacia que a assessorou no caso, a Grandall Law Firm. Isso porque, como está ainda inundada em dívidas (os US$60 milhões pagos pela Apple não fizeram nem cócegas), ela não repassou a comissão devida à sua equipe jurídica — estimada em US$2,4 milhões (~4%).

Agora, buscando os seus direitos, a Grandall solicitou à corte de Shenzhen Yantian District People que assuma imediatamente o controle da marca “iPad”. Se ela tiver esse pedido acatado, a transferência definitiva do nome para a Apple poderá atrasar.

Claro que juridicamente falando a Apple não tem com o que se preocupar, afinal, o acordo foi feito e assinado. Mas todo esse imbróglio certamente deve estar deixando os advogados da firma de Cupertino de cabelo em pé.

[via Forbes]

Posts relacionados

Comentários